Home»Podcast»Decrépitos 132 – Um Abacaxi no Boga

Decrépitos 132 – Um Abacaxi no Boga

Ou "Jogo dos Dilemas"

138
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Booooooooooom momeeeeeeeento, Brasil! No ar um dos episódios mais pedidos, mais aclamados e mais PERIGOSOS da história do popcast Decropiutrs!!

Hoje Daniel Bayer, João CarvalhoRafael Mordente recebem Zamiliano e Zaro para o famigerado JOGO DOS DILEMAS!!

Os maiores DILEMAS CABULOSOS enviados pelos ouvintes do nosso Patreon e do nosso Padrim.

 

Duração: 1 hora e 8 tentáculos babosos.

 

OUÇA OU BAIXE:

ALTA 112 KBPS MÉDIA 64 KBPS ZIP 112 KBPS

99 POP – BELO HORIZONTE

EVENTO BLOCKCHAIN (SAPIENS SOLUTIONS 20/09/2017)

VACILOJA

SEJA NOSSO PATRÃO!

SEJA NOSSO PADRIM!

OFERECIMENTO: SAPIENS SOLUTIONS

  • Hospedagem
  • Web Sites
  • Loja Virtual
  • Softwares

 (31) 3110 – 1414 – www.sapiensbh.com.br

CRÍTICAS, PITACOS, OPINIÕES E SUGESTÕES!

Comenta aí no post ou manda um e-mail pra gente: [email protected]

SIGA A GENTE POR AÍ

Post Anterior

Decrépitos 131 - Alienígenas Top

Próximo Post

Decrépitos 133 - Filmes de Azedar o Rolê

14 Comentários

  1. L Coelho
    13 de setembro de 2017 at 09:27

    Estou ouvindo sentado e desidratado.

  2. Flavio Mello
    13 de setembro de 2017 at 11:18

    Mandaram bem demais. Aliás, já ouvi vaarios podcasts com dilemas, alguns inclusive copiando dilemas da nespera, mas vocês foram os únicos que citaram eles, parabéns degrofilos.

  3. Rodolfo Cardoso
    13 de setembro de 2017 at 12:55

    Pior episódio do podcast. Perdi 1 hora e 8 minutos da minha vida.

    • Leonardo Garcez
      13 de setembro de 2017 at 16:31

      Pior comentário do Rodolfo Cardoso. Perdi 4 segundos da minha vida.

      • Rodolfo Cardoso
        29 de setembro de 2017 at 06:37

        Foda-se

  4. Luiz Guilherme Silva
    13 de setembro de 2017 at 13:59

    Teve momentos legais, mas sempre que o podcast se torna uma ‘mesa redonda’ de pessoas com o mesmo ponto de vista, mesmo que pra uma idiotice vacilante, o popcast fica um pouco cansativo

  5. Matheus Rodrigues Martins
    13 de setembro de 2017 at 16:26

    Um Linha Quente com menos filtros ainda? Seria meu sonho?

    Nem fodendo. Mas bom episódio mesmo assim.

  6. Davos, o cebolito da galere!
    13 de setembro de 2017 at 18:47

    Gente, o que foi esse final? Nem pareceu decrépitos. Eu realmente ODEIO quando o cara que edita o podcast DEIXA NO ÁUDIO FINAL alusões a trechos que ele teve que censurar por N motivos. Tipo, se não pode falar algo, CORTA e pronto. Sério, isso é chatão, por favor, não façam mais isso. Se tem que tirar, que seja feito e não deixe o ouvinte saber disso, acho um desrespeito, pois instiga sobre algo que nunca saberemos, dando a sensação de assunto inacabado, algo incompleto, entendem? E o dois trechos cortados faziam parte da composição do assunto, isso sim é vacilo. De resto, episódio muito bom.

  7. Rei do gado
    14 de setembro de 2017 at 15:51

    Daniel editando o Não ouvo = OK
    “Editando” decrépitos = podre.

    • 16 de setembro de 2017 at 23:12

      Não é editado por ele, amiguinho.

  8. Paulo Vitor Gonçalves Carvalho
    15 de setembro de 2017 at 14:53

    Desperdiçaram um potencial imenso! Fiquei decepcionado com o desempenho dos nossos decrépitos, afinal com o jogo dos dilemas as possibilidades se tornam infinitas.
    Então, aqui vai meu dilema: O que preferem?

    – serem encarcerados em uma masmorra medieval por 10 anos de sua vida, comendo apenas pão e bebendo apenas água;

    OU

    – viverem livres por toda a vida, comendo e bebendo o que quiserem, mas
    com uma condição: cagarão pedregulhos grandes e pontudos, também por toda a vida!

  9. Roberto Goulart
    21 de setembro de 2017 at 16:44

    Eu gostei do episodio, pau no cu dos hater

  10. Bia Tomas
    25 de setembro de 2017 at 16:19

    Ah pelo amor de deus, quase engasguei de rir no trabalho.

    Me ofendeu demais. Gosto

  11. Bruno Longo
    29 de setembro de 2017 at 16:19

    Pelo amor de Baal.

    Mais de 20 min de recado é de foder o boga do palhaço, avisa aí a minutagem que o episódio começa depois do patrocínio e vai que vai, dá vontade de desistir de escutar essa porra de tanta ladainha no começo. Corta as porra dos “ai ai”, encurta, sei lá, muito tempo de nada