Home»Podcast»Decrépitos 98 – Apelindos

Decrépitos 98 – Apelindos

EIJ

11
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Bom momento, seus cabeça de MP3! Tá no ar mais um derrapante episódio do podcast mais apelidado do Brasil!

Hoje Tipão, ET de Varginha e Bunda Seca vão falar sobre os famigerados APELIDOS! Sim! Aqueles que fazem a criança chorar, a mãe reclamar e a galera ZUAR!!

Um belíssimo bate-papo sobre Vaquilda, Morcegay, Bunda de urso, Macarrão, Jorrão, Zaro Zaro 7, Feijão, Breu, Magrão, Smeagol, Capitu, Bananator, Xistose, Mortal, Pazé, Coco Loko, Ciclope, Batoré, Lombriga e muito mais!

Duração: 1 hora e 8 vacilos em forma de adjetivos.

OUÇA OU BAIXE:

ALTA 112 KBPS MÉDIA 64 KBPS ZIP 112 KBPS

SEJA NOSSO PATRÃO!

SEJA NOSSO PADRIM!

 


PROMOSAPIENS DECRÉPITOS

PARTICIPA AÊ!


OFERECIMENTO: SAPIENS SOLUTIONS

  • Hospedagem
  • Web Sites
  • Loja Virtual
  • Softwares

 (31) 3236 – 1414 – www.sapiensolutions.com.br


CRÍTICAS, PITACOS, OPINIÕES E SUGESTÕES!

Comenta aí no post ou manda um e-mail pra gente: [email protected]

SIGA A GENTE POR AÍ

FEED

Assine o nosso Feed ou adicione o Decrépitos no seu iTunes


Produção: Daniel Bayer, Rafael Mordente, João Carvalho
Edição: Daniel Bayer
Post Anterior

Decrépitos 97 - Músicas pra Dirigir

Próximo Post

Decrépitos 99 - Três Vacilões e Um Funeral

22 Comentários

  1. Jardel Nunes
    31 de janeiro de 2017 at 23:06

    eu estudei com um carinha, que ele nasceu com uma deformação em uma das mãos, dae ele só tinha o dedo mindinho e o polegar, geral chamava ele de hang loose.

  2. zRoax
    31 de janeiro de 2017 at 23:38

    eu tenho um amigo e a gente chama ele de analfabeto guedes porque confunde D e T e outras coisas.

    • Byzkoitu
      1 de fevereiro de 2017 at 09:08

      ele fala Tecrépidos?

  3. Leo Viola
    1 de fevereiro de 2017 at 01:53

    Falando sobre usernames
    Meu username do Twitter (@_viacrucis_) foi por causa de um podcast do Degróvilos que o Joao disse esse termo, e eu fui pesquisar o significado e gostei

  4. Alan
    1 de fevereiro de 2017 at 03:50

    O apelido do amigo de um primo meu é peida fogo.

    • Felipe Gonçalves
      1 de fevereiro de 2017 at 12:25

      Eu ri muito quando ouvi o apelido de Pinga Bufa.

  5. Byzkoitu
    1 de fevereiro de 2017 at 09:08

    Carai, fiquei bolado, achei que só eu fosse Biscoito nesse mundão…

  6. Felipe Gonçalves
    1 de fevereiro de 2017 at 12:25

    os dois cara que eu conheci que tinha apelido de lasanha é pq o cara é loiro e tem pele avermelhada. é a paleta de cores.

  7. Marcelo de Assis
    1 de fevereiro de 2017 at 18:25

    Antigamente tinha um jogador no cruzeiro chamado Aristizabal. Como tenho nariz grande, carinhosamente Aristizabal flexionou para Naristizabal.

    • Marcelo de Assis
      1 de fevereiro de 2017 at 18:26

      Cuzinho no poste também é um bom apelido.

  8. Giuliano Meneghini
    1 de fevereiro de 2017 at 18:42

    Mija no meu cu Tipão

  9. Fernando Fonseca de Almeida
    2 de fevereiro de 2017 at 08:46

    Aparentemente este apelido pra Fonseca é universal hahahah, sofri com isso tbm, e minha mãe tbm sofreu na época dela hahaha.
    Há variações como: Uma perna fina e a outra seca…
    Uma professora costumava me chamar de fonte seca…

  10. Christopher Moura
    2 de fevereiro de 2017 at 10:08

    Aqui em Brasília, “Arroz” era o apelido pra quem não pegava niguém: “só acompanha”… 😛

  11. Christopher Moura
    2 de fevereiro de 2017 at 10:11

    Entre os meus 10 a 15 anos, eu era muito baixo e em todas as escolas por onde passei (mudei bastante nesse período) ganhei o apelido de “Pigmeu” e que virava “Pig” pouco tempo depois.

    Parece até que o apelido ia no documento de transferência entre as escolas… 😀

  12. Lucas Lima
    3 de fevereiro de 2017 at 00:48

    adotei o username filosofia-juche na época do tibia, por causa de uma aula de geopolítica que a professora falou da morte do kim-jong-il. uso ele até hoje por conta da zuêra

  13. Carlos Batista
    3 de fevereiro de 2017 at 11:26

    – arroz, por causa d arroz de festa?
    – não, pq todo mundo come…

  14. Homem-Animal
    3 de fevereiro de 2017 at 12:58

    Meu apelido de escola sempre meu sobrenome. Estudei em uma sala com:
    Xereca
    Gerimum
    Geronésio
    Presuntinho

  15. Miurause
    3 de fevereiro de 2017 at 13:39

    Tenho um camarada que o apelido dele é Merda, importante ressaltar que até a mãe dele conhece ele pelo apelido. Certo período ele começou a sair muito com outro camarada nosso, que automaticamente recebeu o apelido de Bareja (aqui é meio que o diminutivo de varejeira, a mosca). Diziam que onde o merda vai a bareja vai atrás.

  16. Vinicius
    3 de fevereiro de 2017 at 15:13

    Me amarro no Decrépitos e curti o episódio. Mas, com todo respeito, vocês são muito mirins em apelidos. Eu e mais dois amigos somos especialistas na área. Desde a sétima série desenvolvemos um talento para tal. Recentemente resolvemos catalogar os nossos apelidos e chegamos a uma planilha que inclui informações como o habitat, taxonomia e etimologia. A Great Apelidos Database conta com 202 apelidos e algumas regras devem ser aplicadas para se incluir apelidos na db como por exemplo, de pelo menos dois de nós precisamos ter visto a pessoa. Uns dos meus preferidos são o Licantropo, o Bãra Babu Japa o Pamonha Desamarrada, o Cabecinha de Limão e o Zigotinhozinho. Temos a terrível habilidade de estarmos juntos, ver alguém e já mandar um apelido épico, fazendo os outros dois sacarem na hora quem é o apelidado naquele ambiente. Quis compartilhar essa nossa doença com vocês!

  17. Jessika Andras
    4 de fevereiro de 2017 at 18:41

    Voltem com a leitura de e-mails nos episódios! ☹️

  18. Vinicius Machado
    10 de fevereiro de 2017 at 17:43

    kkkkkkk cara tinha dois apelidos muito lokos na minha escola. o sushi (por que todo mundo come ele com o pau) e o kibe (por que ele é negro e gordo)

  19. Victor Cappa
    12 de julho de 2017 at 04:09

    1 – Uma colega gorda da escola chamava Solange, o apelido era Só Lanches; tinha uma outra que chamava Mafe (maria fernanda) e o apelido era Má-fé (ela tb era gorda).
    2 – Um amigo muito branco tinha o apelido de Polengo, mas as vezes variava pra Porra, Leitoso, Semên, etc
    3 – Tinha um cara que era cabeludo e andava que nem um homem das cavernas. O nome era Thales. O apelido era Neanderthales
    4 – Uma cara enorme e com cara de bebê estudava na minha escola. Eu comecei a chamar ele de Bebê Jupiteriano e o apelido pegou demais hahaha