Home»Podcast»Decrépitos 128 – Muito bom, recomendo! 7

Decrépitos 128 – Muito bom, recomendo! 7

15
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Booooooooooom momeeeeeeeento, Brasil! No ar mais um episódio da nossa querida série MUITO BOM, RECOMENDO!

Hoje Daniel Bayer, João CarvalhoRafael Mordente dão dicas do que assistir, ouvir e consumir nas suas horas vagas.

Tem desde filmes italianos de arte, até vídeos de apresentadores de TV fazendo moonwalk AO VIVO.

 

Duração: 54 minutos.

 

OUÇA OU BAIXE:

ALTA 96 KBPS ZIP 96 KBPS

COISOS RECOMENDADOS

VACILOJA

SEJA NOSSO PATRÃO!

SEJA NOSSO PADRIM!

OFERECIMENTO: SAPIENS SOLUTIONS

  • Hospedagem
  • Web Sites
  • Loja Virtual
  • Softwares

 (31) 3110 – 1414 – www.sapiensbh.com.br

CRÍTICAS, PITACOS, OPINIÕES E SUGESTÕES!

Comenta aí no post ou manda um e-mail pra gente: [email protected]

SIGA A GENTE POR AÍ

Post Anterior

Decrépitos 127 - 25 Anos de Joguinhos

Próximo Post

Decrépitos 129 - AO VIVÃO #13 - E-mails, Comentários e Desenhos Animados

  • Heitor Martins

    quando eu ouvi a voz do mark kozelek na recomendação de youth já arrepiei e me interessei, inclusive deixo essa recomendação, desde o red house painters até o sun kil moon e os projetos com o nome dele mesmo e colaborações, trata-se de um tiozão rabugento mas sensível tal qual os anfitriões deste popcast

  • White ‘Fro

    Acho que se você mexer aqui e acolá essa Just Like the Wind vira uma música muito topzeira de Power Metal. Já consigo visualizar uma Stratovarius tocando e envergonhando os fãs com ela.

  • Felipe Gaspar

    Fui ver o video, e a história é melhor do que parece, pq aparentemente esse Reynald-o é fake, obrigado por essa maravilhosa dica.

  • Kikuchiyo

    Vergonha alheia dancinha.

  • Kropotkin

    Falando sério…já sofri dois ataques hacker nessa hospedagem de vocês.. tive que reinstalar tudo e comprar um antivírus melhor e, ainda sim, hoje aconteceu novamente, duvido que seja algo com meu equipamento, parece estar partindo daqui da hospedagem da página do decrépitos…por favor confiram com o webmaster de vocês….obrigado

  • Romulo Cesar Maximiano

    O teclado do cara não tá ligado em nada, nem na tomada!

  • Bruno André

    Pode me chamar de maluco se quiser, mas alem de me amarrar no jogo a bandeira de Arstotzka é show kkk

    https://uploads.disquscdn.com/images/b7047165c95bf232301547cfd2c39637b596852d8fa9f9cb6b13bbb4308a9e8f.jpg

    • This is ridiculous man

      belo mamilo

    • Reflex

      Mamilo saboroso, fato!

      Mas vou analise:
      Cor: tom de achocolatado e bem uniforme: 8/10 (o melhor dos clássicos, mas sem inovar)
      Formato: elíptico e bem desforme: 4/10 (minha língua não merece todo esse trabalho perimetral)
      Relevo: Liso e sem protuberância: 9,5/10 (o eixo z é o que mais me agrada e nisso tenho que admitir que salivei)

      Comentários:
      – estes pelos, embora não atrapalhem acabam roubando a atenção do astro desta imagem.
      -A composição de sombras esta fantástico, é como um mata tolkieniano à ser explorado.

      Obrigado e fico aguardando novas postagens

  • Bruno André

    Quando joguei Papers, Please! pela primeira vez eu joguei até o fim fazendo tudo pela gloriosa nação de Arstotzka. Claro que antes fui fuzilado por ter pego propina dos rebeldes, mas fiquei com a grana que não deixei eles passar pela fronteira kkk Depois que peguei as manhas joguei até o fim fazendo tudo pela Estado. Depois de terminar o jogo que tentei jogar de outras formas para ver os outros finais, mas não é tão legal quando servir a gloriosa nação kkk

    Glory to Arstotzka!

  • This is ridiculous man

    Aê joão, no podcast anterior você falou que já a um tempo você não joga mais video game, eu estou assumidamente comprometido a te fazer voltar pra esse universo:

    Ano passado saiu uncharted 4, o jogo da naughty dog que encerrou a trajetória do nethan drake, o grande explorador de ruinas destruidas e civilizações perdidas, que vai sai em altas aventuras pelo caribe pra encontrar o tesouro perdido do pirata assassino henry avery, é um dos melhores jogos da história, lindo de doer eu que faz o coração de cada fã da naughty dog palpitar em uníssono num ritmo que mistura orgasmos multiplos e gritos de “eu quero muito é dar o cu pra quem quer que tenha feito esse jogo”. Mas não é esse jogo que eu quero indicar pra você, mas sim a DLC standalone que saiu dele essa na mesma semana de publicação desse podcast, que conta uma aventura da Chloe, uma ex-companheira (não sexual) do drake, em busca do tesouro perdido de gilgamesh, como você tem uma tese de doutorado pra ser apresentada sobre a mesopotamia, achei que talvez um jogo que materializa algumas do que poderia ser a arquitetura mesopotamica te interessasse. Ele é mega curtinho, tem 6 horas de duração, e é mega acessivel pra quem não joga video game, se você achar alguem que te empreste um PS4 e tenha o jogo (o que não deve ser muito dificil de achar) faça um favor a você mesmo e jogue, fica ai a dica.